slide

 

Software de Gestão ERP
Para distribuição, comércio varegista, madeireiras, indústria de alimentos, indústria cosmética.

SAIBA MAIS

4 dicas para contornar a crise e continuar vendendo em época de Covid-19

ara driblar a crise atual, muitos lojistas têm apostado em inovação para atrair novos clientes e manter os já existentes, esse tem sido o grande desafio de comerciantes e empresários, já que diariamente é necessário a reinvenção para garantir o melhor atendimento aos clientes. Neste artigo vamos ver algumas dicas para superar a crise e continuar vendendo.

Para driblar a crise atual, muitos lojistas têm apostado em inovação para atrair novos clientes e manter os já existentes, esse tem sido o grande desafio de comerciantes e empresários, já que diariamente é necessário a reinvenção para garantir o melhor atendimento aos clientes.

Neste artigo vamos ver algumas dicas para superar a crise e continuar vendendo.

1º Foque em produtos com alta rotatividade

Nossa primeira dica é justamente essa: “Foque em produtos da curva A”, para que o retorno sobre o investimento seja mais rápido.

O que são produtos da curva A?

Um dos métodos para avaliar produtos de alta rotatividade mais utilizados nas vendas é a “CURVA ABC”. Os produtos da curva A, são os de grande relevância e que representam o maior percentual dentro do faturamento. Veremos mais detalhes no gráfico abaixo.

curva-abc
  • Curva A – 20% dos itens e que representam 80% no total das vendas.

  • Curva B – 30% dos itens e que representam 15% no total das vendas

  • Curva C – 50% dos itens e que representam 5% no total das vendas

Através da CURVA ABC o gestor de compras analisará os itens mais vendidos, ou seja, produtos da CURVA A, seguindo então a direção do que comprar para não sobrecarregar o seu estoque e manter os produtos de alta rotatividade em loja.

Em um tempo de incertezas e paralisações, é preciso ter cuidado para não errar nas estratégias, pois um pequeno erro pode custar muito dinheiro, produtos comprados de maneira errada inflarão o estoque e consequentemente consumirão mais investimento.

2º Invista em conhecimento e capacitação

Em virtude do isolamento social, sendo em atividades de Home Office ou até mesmo com suspensão de tarefas, alguns sites liberaram cursos gratuitos e com certificação para contribuir com a formação de todos.

Diante dessa situação, muitas pessoas estão estudando para agregar mais conhecimento e capicitação para o mercado de trabalho, de fato o momento é ótimo para adquirir novos conhecimentos nas diversas áreas e assuntos específicos.

O portal “Quero Bolsa” disponibilizou uma lista de sites que estão oferecendo cursos gratuitos durante a pandemia de coronavírus. Além do “Quero Bolsa” muitos outros abriram essa oportunidade, a fim de contribuir com a formação e capacitação, principalmente neste tempo que estamos vivendo.

Vale ressaltar a importância de expandir as áreas de conhecimento, visto que o mercado tem mudado drasticamente e o cenário digital tem se mostrado cada dia mais presente.

3º Use as redes sociais para se manter próximo dos clientes

O que era uma alternativa se tornou uma necessidade. Lojistas e comerciantes estão sendo obrigados a reajustar e assim ampliar seus canais de vendas, sendo assim as redes sociais têm sido um grande divisor de águas na vida de muitos empreendedores.

Mas o que fazer para ficar mais próximo dos clientes?

Bom, o conselho para usar as redes sociais com eficiência é produzir conteúdos que de alguma forma resolva possíveis problemas ou dúvidas dos clientes, publique um conteúdo que venha de encontro com as necessidades deles.

Identificar o tipo de conteúdo a ser trabalhado vai depender muito da personalidade do próprio negócio, ou seja, através de um conjunto de informações acerca do público-alvo, teremos mais clareza do conteúdo a ser produzido,

4º Ofereça serviços de Delivery

Muitos estabelecimentos estão utilizando serviços de entrega (delivery) para alavancar vendas e manter o cliente satisfeito.

Isso de fato é um grande meio para manter as vendas acontecendo, já que alguns locais não podem receber clientes no interior da sua loja.

Algumas vezes o delivery tem sido o único canal de vendas, sendo os aplicativos de mensagens instantâneas muito utilizados para este fim, porém, a gestão de grandes demandas fica muito mais difícil de ser controlada através destes formatos.

A sugestão é uma plataforma de delivery, que faça o acompanhamento de novos pedidos, em processamento, em entrega, etc.

Um serviço especializado de delivery deve garantir um app para celulares e tablets, facilitando até mesmo para os usuários escolherem os seus produtos.

Fonte: https://www.djsystem.com.br/ -  Parceira Softmaxi

Curva ABC
Tecnologia do Google TradutorTradutor